Notícias

ELEIÇÕES PARLAMENTO ITALIANO

-08/02/2018

COMUNICADO

ELEIÇÕES do PARLAMENTO ITALIANO 2018

VOTO no EXTERIOR por CORRESPONDÊNCIA

 

 

Por decreto do Presidente da República n. 209, de 29 de dezembro de 2017, foram convocadas para o dia 04 de Março de 2018, as eleições para a Câmara dos Deputados e para o Senado da República Italiana.

 

Os cidadãos italianos que têm residência permanente fora da Itália, inscritos nas respectivas listas eleitorais da Circunscrição de sua residência, podem e devem participar nas eleições votando por correspondência neste mes de fevereiro. Estes votam nas listas dos candidatos na respectiva Circunscrição, no nosso caso, America Meridional.

Os cidadãos entre 18 e 24 anos, votam somente nos candidatos a Deputado.

Os maiores de 25 anos votam nos deputados e também nos senadores.

Para cada eleitor (que não tenha optado por votar na Itália até o dia 8 de janeiro) o Consulado enviará por correspondência um envelope contendo: uma folha informativa que explica como votar, as listas dos candidatos da Circunscrição, o certificado eleitoral, a cédula eleitoral (duas para maiores de 25 anos, pode votar também para o Senado), um envelope pequeno totalmente branco onde inserir a cédula votada (ou as 2 cedulas votadas), um envelope pardo selado endereçado ao mesmo Consulado.

Não tem desculpa para não votar, porque até o envelope para mandar de volta o voto já está franqueado. Não gasta nada!

O eleitor, lendo atentamente as instruções contidas na folha informativa e utilizando o envelope pardo selado, deverá enviar - SEM DEMORA - as cédulas eleitorais votadas, de modo que possam chegar ao próprio Consulado impreterivelmente até às 16 horas (hora local) do dia 1º de março.

SE PORVENTURA ACHAR QUE OS CORREIOS NÃO VÃO ENTREGAR NO CONSULADO A TEMPO, LEVE O SEU ENVELOPE EM MÃOS ATÉ O CONSULADO E COLOQUE NA CAIXA DO CORREIO QUE TEM NA PORTA DO CONSULADO, A QUALQUER HORA, DESDE QUE SEJA ANTES DAS 16H DO DIA 01/03/2018. 

O voto é pessoal e secreto. É proibido votar mais vezes e enviar cédulas por conta de terceiros. Quem quer que seja que violar as disposições legais eleitorais, será punido na forma da lei.

 

O eleitor que até 19 de fevereiro não tenha ainda recebido o envelope eleitoral, poderá dirigir-se ao próprio Consulado para verificar a sua situação eleitoral e eventualmente solicitar um envelope extra.

O cidadão que tendo o direito ao voto, não o exercita, não tem direito a reclamar de nada!

 

 

INFORMAÇÕES MAIS DETALHADAS ESTÃO DISPONÍVEIS NO SITE WWW.ESTERI.IT